.

Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 21 de março de 2010

Lela, pai de Richarlyson e Alecssandro, volta ao Limeirão e lamenta a queda da Internacional



Quando pisou sábado pela manhã no gramado do Limeirão depois de muitos anos, o ex-atacante Lela, hoje técnico do Atlético Araçatuba, se emocionou. "Passa um filme na minha cabeça", afirmou.

Lela está do mesmo jeito, baixo e com as pernas tortas, marcas registradas do craque. A única exceção é a ausência da cabeleira que se perdeu com o tempo. Hoje bem mais maduro e comandando o Atlético Araçatuba, o treinador lamentou a queda da Internacional para a última divisão do futebol paulista. "Quando deixei o Leão, ele estava brilhando na Primeira Divisão e hoje vejo a Inter na última divisão. Quando soube do rebaixamento na A-3, confesso que não acreditei. Bate uma tristeza muito grande em mim. Penso no sofrimento do torcedor, que sempre nos apoiou. Um estádio como esse merece um time na A-1. Quem sabe um dia eu retorne a Limeira, desta vez como treinador, e que ajude a equipe limeirense a voltar para o lugar de onde nunca deveria ter saído", comentou.

Reinaldo Felisbino, o Lela, hoje está com 47 anos (17/04/1962) e está entusiasmado com a nova função. "Quando era jogador sempre pensei que um dia seria técnico. O futebol está em minha vida. A oportunidade apareceu e eu abracei. Poucos técnicos permanecem em seus clubes desde o início da Série A-3 do Campeonato Paulista e eu sou um deles. Mas sei que nessa carreira um dia você está num clube e no outro você vai embora. É preciso se acostumar", afirmou. Em razão de problemas com seu estádio, o Força de Caieiras precisou mandar sua partida contra o Atlético Araçatuba no Limeirão e venceu por 1 a 0, gol de Diego.



Lela disputou 42 jogos pela Internacinal, tendo marcado 14 gols. Foram 29 jogos e 6 gols no Campeonato Paulista de 1981 e mais 13 jogos e 8 gols no Campeonato Brasileiro de 1982. Um dos melhores jogos do ex-atacante com a camisa leonina aconteceu em 21/06/1981, quando a Inter derrotou a Francana, em pleno Lancha Filho, por 2 a 1, dois gols do matador.

A passagem de Lela pela Internacional foi tão positiva, que ele acabou sendo convocado para a Seleção Brasileira Sub-23, que disputou um torneio em Toulon, na França. "Devo muito a Internacional. Foi ela que me projetou para o futebol brasileiro", frisou. A maior prova disso é que três anos depois, Lela foi campeão brasileiro com o Coritiba. "É gostoso quando a gente é ídolo em um clube. Vou no Coritiba e sou sempre bem tratado. Chego na Internacional e vejo o carinho de todos para com a minha pessoa, desde o porteiro até o mandatário. Isso não tem preço", destacou. Pelo Coritiba foram 63 jogos e 18 gols. Sua despedida do Coxa foi em 1989, depois da vitória sobre o Fluminense por 2 a 1. Além do time paranaense, Lela passou por Noroeste, Palmares e Sampaio Corrêa.



Pai de Richarlyson, do São Paulo e Alecssandro, do Internacional/RS, Lela afirmou que é um pai de muita sorte. "Tenho dois filhos maravilhosos, que seguiram a carreira do pai. O mais importante é saber que eu dei educação aos dois", disse. Na opinião de Lela, Richarlyson merecia uma nova convocação para a seleção brasileira. "Existem sempre aqueles 10% que gostam de vaiar meu filho, mas no fundo, todos sabem da importância do Rick no Tricolor. Ele é polivalente e ajuda o São Paulo em qualquer posição que for escalado por Ricardo Gomes. Ele é fundamental no esquema tático do São Paulo. É por isso que até acho que o time do Morumbi tem mais chance de chegar mais longe na Taça Libertadores da América desse ano", defendeu.

Por outro lado, o técnico do Araçatuba lembrou que Alecssandro "puxou o pai em tudo". "Ele é goleador como eu fui. Quem sabe um dia eu possa ser treinador de um dos meus filhos. Talvez seja o Alecssandro até por ser mais velho. Esse seria o maior sonho da minha vida hoje em dia", completou.



Os 14 gols de Lela pela Inter:

25/04/1981 - Santos 2 x 3 Internacional (1)
13/05/1981 - Palmeiras 2 x 2 Internacional (1)
21/06/1981 - Francana 1 x 2 Internacional (2)
26/07/1981 - Internacional 1 x 2 Portuguesa (1)
11/10/1981 - Internacional 1 x 1 Ponte Preta (1)
20/01/1982 - Internacional 2 x 2 Fluminense (1)
31/01/1982 - Internacional 2 x 2 CSA (1)
10/02/1982 - CSA 1 x 1 Internacional (1)
14/02/1982 - Internacional 5 x 1 Itabaiana (2)
11/03/1982 - Internacional 3 x 0 São Paulo/RS (1)
20/03/1982 - São Paulo/RS 2 x 2 Internacional (2)

*** Fotos Renato Silva - Gazeta de Limeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário