Pesquisar este blog

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Ingressos esgotados para Brasil e Uruguai pelas Eliminatórias

CBF anunciou hoje que os 44.730 ingressos para o jogo entre Brasil e Uruguai, em 25 de março, na Arena Pernambuco, estão esgotados. O duelo será válido pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018.

Dispensas na Inter de Limeira

Inter de Limeira acaba de dispensar o meia Felipe Barreto e o atacante Dodô. Já o atacante Frizzi recebeu uma proposta do Anapolina/GO. Enfrenta o Olímpia, quarta-feira, às 15h30 em Olímpia pela Série A-3 e em seguida rescindirá seu contrato.

Limeirense Deryk Ramos no Torneio de Habilidades do NBB8


Conhecidos os participantes do Torneio de Habilidades do Jogos das Estrelas do NBB8, em Mogi das Cruzes: André Goés (Macaé), Deryk Ramos - limeirense (Brasília), Gustavinho (Caxias), Kojo Mensah (Vitória), Larry Taylor (Mogi das Cruzes), Rafa Luz (Flamengo), Ricardo Fischer (Bauru) e Thiaguinho (Franca)

Gustavo Henrique renova

RENOVOU - Depois de uma longa negociação, que vem desde o ano passado, o Santos, enfim, renovou o contrato do zagueiro Gustavo Henrique. O jogador de 22 anos, cria das categorias de base do clube, agora tem vínculo com o clube até 31 de janeiro de 2020. Seu antigo contrato tinha vencimento para dezembro desta temporada.

Dois amistosos da seleção olímpica

A CBF confirmou dois amistosos que a seleção olímpica fará em março, em preparação para os Jogos do Rio 2016. O Brasil vai enfrentar as equipes Sub-23 da Nigéria, no dia 24 (19h em Cariacica/ES), e da África do Sul, no dia 27 (18h em Maceió), que também estão classificadas para as Olimpíadas. A lista de convocados para os dois amistosos será divulgada no dia 4 de março, e a delegação se apresenta no dia 20, no Espírito Santo.

Polícia entra em confronto com atletas do Capivariano

Dois pênaltis marcados em favor do Ituano pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira, um deles aos 49 minutos do 2º tempo, deixou inconformados os jogadores e dirigentes do Capivariano na derrota por 2 a 1, domingo em Itu. Houve confronto com a Polícia Militar.

Segundo o site Uol, saíram feridos o zagueiro Leandro Silva (lesão na cabeça), o supervisor Dênis Conselvan (dedo quebrado), o roupeiro do clube (lesão no braço) e o assessor de imprensa Lucas Oliveira (passou por tomografia após pancada na cabeça). Foi registrado um Boletim de Ocorrência.

Carro de Felipe Nasr na F1


A Sauber, enfim, apresentou as primeiras imagens de seu carro para a temporada 2016 da Fórmula 1. A equipe do brasileiro Felipe Nasr e do sueco Marcus Ericsson foi a última a mostrar seu novo modelo e será a única a estreá-lo no início da segunda bateria de testes de inverno, nesta terça-feira.

Inter perde a 6ª partida na A-3 e desespero começa a bater


Apresentação hoje às 10h. Dispensas à vista. E muita, mais muita cobrança por parte da diretoria. Essa será a manhã da Internacional, que promete ser bastante tensa após mais uma derrota no Campeonato Paulista da Série A-3, a sexta em nove jogos.

Ao perder para o São Carlos, em pleno Limeirão, por 1 a 0, ontem pela manhã, o Leão permaneceu na zona do rebaixamento, correndo um sério risco de voltar para a última divisão do futebol paulista como aconteceu em 2009.

Nem a mudança de técnico adiantou e o elenco apresentou a mesma apatia e morosidade dos últimos jogos. Um time sem vontade, sem vibração e, principalmente, sem comprometimento.

Do time que perdeu na quarta-feira para o Catanduvense por 2 a 1, derrota que culminou com a demissão do técnico Jorge Parraga, quatro foram as mudanças. O goleiro Diego foi novamente barrado e Fábio Hulk ganhou uma nova chance. Vinícius Pedalada e Gustavo foram os laterais, enquanto o experiente Léo, recuperado de contusão, retornou ao meio.

O São Carlos mostrou ser um dos fortes candidatos ao acesso. E olha que vinha de duas derrotas consecutivas. Tem um excelente time e um toque de causar inveja a qualquer equipe da divisão. Se alguém tivesse marcando o controle do tempo de bola, fatalmente a posse dos visitantes seria de mais de 80%.

O domínio do São Carlos era tão evidente, que a torcida começou a ficar impaciente. A Inter não chegava na área do adversário. Aos 19 minutos, na falha de Mário Paiva, o adversário desceu como um rolo-compressor, mas Fábio Hulk evitou o gol do bom volante João Carlos.

O duro mesmo era parar o rápido Alef. Um ponta baixinho, como aqueles do futebol mais saudosista. Ele chegou até a aplicar uma carretilha em Gustavo, lance que irritou os leoninos, em especial o volante Robério.
O gol do São Carlos era uma questão de tempo e aconteceu aos 38 minutos. Em novo contra-ataque puxado pelo meio, a bola foi lançada para Alef, que entrou na área e estufou a rede leonina: 1 a 0.


Era o que faltava para o caldeirão ferver. Os protestos dos torcedores começaram nas arquibancadas. Gritos de "time sem vergonha", "tem que ser homem para jogar no Leão" eram ecoados. Sem contar o "olé" a cada toque na bola do São Carlos.

Isso deixou os leoninos ainda mais tensos em campo. A bola parecia que queimava nos pés dos leoninos. Nada dava certo e o tempo ia passando. Enquanto isso a defesa do rival era soberana, com Pablo e Cássio cortando tudo.

A Inter fez um bom segundo tempo. A entrada de Frizzi no lugar de Gustavo melhorou o rendimento ofensivo. Malcon foi para a ala-esquerda e produziu bem mais.

Foi então que surgiu um personagem no jogo: Wandinho. O ex-goleiro do Independente é reserva no São Carlos, mas assumiu a vaga do lesionado Tom. E não é que o arqueiro viveu uma manhã muito inspirada.

Wandinho fez excelentes defesas. Aos 11, voou em seu canto esquerdo para evitar o gol de Rodolfo de fora da área. Aos 21, espalmou a única finalização do centroavante Conrado em toda partida. Aos 30, impediu o gol de Frizzi, que ajeitou com categoria pela meia-direita e tentou o ângulo.

A Inter não conseguia o empate e o São Carlos também não se preocupava em marcar o segundo para liquidar o jogo. Rodolfo e Léo foram substituídos e vaiados pela torcida.

Se a situação era ruim, ficou ainda pior com a expulsão de Zé Matheus, que já tinha o cartão amarelo e cometeu falta em Ivan, impedindo um contra-ataque do visitante.

A Inter não teve forças para reagir e ainda quase sofreu o segundo gol aos 47 minutos, quando o lateral Matheus Augusto cruzou da esquerda e Elton, sozinho na pequena área, furou. Já aos 48, Fábio Hulk ainda evitou o gol de William, que experimentou do meio da rua.

Com a derrota, a Inter segue na zona de rebaixamento - a dois pontos do primeiro que escaparia - e volta a jogar na quarta-feira, às 15h30, diante do Olímpia, fora de casa. O próximo jogo no Limeirão será no domingo, às 10h, contra o Comercial.

Internacional 0 x 1 São Carlos

Gol - Alef aos 38 do 1ºT (SC)
Local - Limeirão
Árbitro - Marcos Silva dos Santos Gonçalves
Auxiliares - William Trufelli Malaquias e Vinícius Messias de Souza
Público - 280 pagantes
Internacional - Fábio Hulk; Vinícius Pedalada, Mário Paiva, Téssio e Gustavo (Frizzi); Robério, Rodolfo, Malcon e Léo (Rubens); Smith e Conrado. Técnico - João Vallim.
São Carlos - Wander; Ivan, Pablo, Cássio e Matheus Augusto; João Carlos (Paulo Vitor), Diego Paulista (Renan), Lucas Chinaki e Mário Augusto (William); Elton e Alef. Técnico - Rafael Guañaes. 
Ocorrências - cartão vermelho para Zé Matheus (IN) e amarelos para Robério (3º) e Rodolfo (3º); Matheus Augusto, Diego Paulista e William (SC)

*** Mais fotos do jogo na minha fanpage: edmarferreiranarrador

Soberano, Independente vence o Barretos e deixa a zona do rebaixamento da A-2


*** Por Roberto Lucato

Entrega total. Este foi o Independente, muito semelhante às suas origens, na vitória contra o Barretos, jogando fora de casa pelo Campeonato Paulista da Série A-2, no Estádio Fortaleza.

Depois de duas vitórias consecutivas, uma boa exibição era o que mais se esperava para reforçar a ideia de recuperação plena, apagando o “acaso” desta trajetória. E assim aconteceu.

Um time consistente, forte na marcação do início ao fim, assim atuou o Galo nos embalos de sábado à noite. Ivan Izzo conseguiu transmitir uma mensagem tática bem definida, cumprida por todos ao atletas, sem invenções.

Do outro lado, se do Touro do Vale poderia se esperar um pouco mais, a equipe dirigida por Vilson Tadei enfrentou enormes dificuldades frente a boa apresentação galista sendo comum, durante os 90 minutos, a falta de opções na troca de passes.

É verdade que até os 15 minutos do primeiro tempo ninguém se atrevia, quando o meia Norton começou a gostar do jogo e disparou o primeiro chute perigoso. Ele, novamente aos 20, deu trabalho ao goleiro Bonan, que operou outro de seus tradicionais “milagres” aos 24 minutos, depois de um desvio de cabeça de Mandi.

Apesar do lance ser anulado por impedimento, Bonan demonstrou um reflexo incrível ao desviar para a linha de fundo. O sistema defensivo do time de Vila Esteves seguia impecável. Josimar, que retornava aos gramados, ao lado de Murilo estavam soberanos na defesa. Além disso, Cláudio Falcão marcava em todos os setores do campo, ao lado de Romarinho que jogava mais recuado.

O sistema ofensivo ficava, então, um tanto disperso e somente aos 26 minutos o alvinegro conseguiu construir um bom lance. Americano recebeu na área e driblou o goleiro Juninho duas vezes, mas a bola escapou e o arremate saiu pela a linha de fundo, tirando tinta das traves.

Segundo Tempo

As duas equipes retornaram do intervalo com a mesma formação, porém o Independente parecia mais solto, sem deixar de marcar. Logo aos três minutos, em contra-ataque veloz, Eric Mamer recebeu e partiu como uma flecha. Embora tivesse opção de chutar, ele preferiu recuar para Diogo que apareceu e mandou um chute mascado, para fácil defesa de Juninho.

A partida seguia equilibrada mas, fisicamente, o onze limeirense estava mais inteiro e começava a explorar os contra-ataques. O Barretos pecava nas infiltrações, sempre interceptadas, e depois de uma roubada de bola, aos 19 minutos, a vitória começaria a ser construída.

Depois de uma triangulação rápida envolvendo Diogo e Americano, e bola chegou aos pés de Eric Mamer, que desta vez fez o que faltou em outras oportunidades: chutar forte. Confiante, ele mandou um petardo no ângulo esquerdo de Juninho para fazer 1 a 0. O rubro-verde desmoronou.

Pressionado por sua torcida, só então percebeu que a vaca estava rumo ao brejo e tratou de correr um pouco mais. A pressão foi passageira e deu a oportunidade para Bonan fazer outra grande intervenção, defendendo uma cabeçada cara-a-cara com Jorge Preá, aos 22 minutos.

O Galo não arredava o pé de seu esquema e seguiu soberano, querendo mais, e foi assim até a marcação do segundo gol, também em contra-ataque. Mais uma vez Mamer se colocou a disposição e recebeu passe açucarado de Romarinho. Ele invadiu a área, driblou o goleiro e empurrou calmamente para dar números finais ao jogo no minuto derradeiro da partida. 2 a 0.



Resultado justo de uma equipe que amadureceu e agora sabe o que quer, demonstrando mais maturidade, união e foco. O Galo volta a campo amanhã, no Pradão, quando receberá o Bragantino.

Barretos 0 x 2 Independente

Gols - Eric Mamer aos 19 e aos 45 do 2º tempo (IN)
Local - Estádio Fortaleza, em Barretos
Árbitro - Alysson Fernandes Matias
Auxiliares - Willian Rodrigues Deodoro e Thiago Henrique Almeida Alborghetti.
Público - 1.578 pagantes
Renda - R$ 32.246,00
Barretos - Juninho; Cordeiro, João Victor, Garutti e Cleidson; Margazão, Picachu (Chuck), Lídio e Norton (Almir); David (Jorge Preá) e Mandi. Técnico - Vilson Tadei.
Independente - Marcelo Bonan; Vinicius Bovi, Josimar (Pedro Naves), Murilo e Bruno Oliveira; Cláudio Falcão, Fabiano, Romarinho e Diogo Medeiros (Felipinho); Americano (Jordy Guerreiro) e Eric Mamer. Técnico - Fernando Alves (Ivan Izzo com problemas de documentação comandou o time das tribunas).
Ocorrências - cartões amarelos para Marzagão (BAR) e Marcelo Bonan (IND)

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Campeonato Paulista da Série A-1

7ª Rodada:
Mogi Mirim 3 x 1 Linense
Água Santa 2 x 2 São Bento
Novorizontino 3 x 2 Audax
Ponte Preta 1 x 0 São Paulo
Corinthians 1 x 0 Oeste
Rio Claro 0 x 0 Botafogo
Palmeiras 1 x 2 Ferroviária
Red Bull 2 x 0 Santos
Ituano 2 x 1 Capivariano
São Bernardo 1 x 2 XV de Piracicaba

Próxima rodada:
5/3 - 16h - Oeste x Água Santa
5/3 - 16h - São Paulo x São Bernardo
5/3 - 16h - Botafogo x Mogi Mirim
5/3 - 18h30 - Ponte Preta x XV de Piracicaba
5/3 - 20h30 - Audax x Ituano
6/3 - 16h - Santos x Corinthians
6/3 - 16h - Palmeiras x Capivariano
6/3 - 18h30 - Rio Claro x Linense
6/3 - 18h30 - Red Bull x São Bento
6/3 - 18h30 - Ferroviária x Novorizontino

Classificação:

Grupo A:

1 Santos 12
2 São Bento 11
3 Linense 10
4 Botafogo 7
5 Oeste 5

Grupo B:
1 Ituano 11
2 Palmeiras 9
3 Ponte Preta 9
4 Novorizontino 7
5 São Bernardo 6

Grupo C:
1 Ferroviária 13
2 São Paulo 10
3 Audax 9
4 XV de Piracicaba 8
5 Capivariano 4

Grupo D:
1 Corinthians 17
2 Água Santa 11
3 Red Bull 10
4 Rio Claro 8
5 Mogi Mirim 7

Campeonato Paulista da Série A-2

9ª Rodada:
São Caetano 2 x 0 Marília
Santo André 2 x 1 Guarani
Portuguesa 1 x 1 Monte Azul
Paulista 1 x 1 Mirassol
Penapolense 0 x 1 União Barbarense
Bragantino 2 x 1 Taubaté
Atlético Sorocaba 3 x 3 Juventus
Barretos 0 x 2 Independente
Batatais 3 x 1 Votuporanguense
Rio Branco 1 x 1 Velo Clube

Próxima rodada:
1/3 - 15h - Santo André x Atlético Sorocaba
1/3 - 19h - Guarani x Paulista
1/3 - 19h30 - Penapolense x Portuguesa
1/3 - 20h - Independente x Bragantino
1/3 - 20h - União Barbarense x Barretos
2/3 - 15h - Votuporanguense x Rio Branco
2/3 - 15h - Juventus x São Caetano
2/3 - 20h - Velo Clube x Batatais
2/3 - 20h - Marília x Taubaté
2/3 - 20h30 - Mirassol x Monte Azul

Classificação:

1 União Barbarense 19
2 São Caetano 19
3 Bragantino 18
4 Batatais 17
5 Mirassol 17
6 Velo Clube 15
7 Taubaté 14
8 Santo André 14

9 Guarani 14
10 Barretos 13
11 Juventus 12
12 Independente 10
13 Votuporanguense 10
14 Portuguesa 10
15 Paulista 9
16 Penapolense 8
17 Atlético Sorocaba 8
18 Rio Branco 6
19 Marília 6
20 Monte Azul 6

Campeonato Paulista da Série A-3

9ª Rodada:
Primavera 2 x 2 Nacional
São José 0 x 0 Sertãozinho
Fernandópolis 0 x 0 Flamengo
Noroeste 0 x 0 Olímpia
Osasco 3 x 1 São José FC
Matonense 2 x 1 Itapirense
Internacional 0 x 1 São Carlos
Catanduvense 4 x 0 Grêmio Barueri
Atibaia 1 x 3 Rio Preto
Guaratinguetá 1 x 5 Comercial

Próxima rodada:
1/3 - 20h - São José x Rio Preto
2/3 - 15h - Flamengo x Primavera
2/3 - 15h - Guaratinguetá x Itapirense
2/3 - 15h - Nacional x Grêmio Barueri
2/3 - 15h30 - Olímpia x Internacional
2/3 - 19h - São Carlos x Noroeste
2/3 - 20h - Comercial x Grêmio Osasco
2/3 - 20h - Catanduvense x Matonense
2/3 - 20h - Sertãozinho x Fernandópolis
2/3 - 20h - São José FC x Atibaia

Classificação:

1 Rio Preto 19
2 Atibaia 19
3 Catanduvense 19
4 Grêmio Osasco 17
5 São Carlos 17
6 Flamengo 17
7 Sertãozinho 15
8 Nacional 15

9 Matonense 15
10 Comercial 13
11 Noroeste 13
12 Itapirense 11
13 Primavera 10
14 São José FC 9
15 São José 9
16 Olímpia 9
17 Guaratinguetá 9
18 Internacional 7
19 Fernandópolis 3
20 Grêmio Barueri 0 

Inter perde do São Carlos

Fim de jogo no Limeirão:
Série A-3 do Paulista:
Inter 0 x 1 São Carlos
Gol - Alef aos 38 do 1T
Público - 280
Estreia do técnico João Vallim.
Zé Matheus foi expulso.
Inter está na zona do rebaixamento, em 18 lugar, com 7 pontos. Situação dramática.
Foi a sexta derrota em nove jogos, a quarta no Limeirão.
Presidente Paulo Toledo de Barros desabafou e prometeu dispensas.
Quarta, às 15h30 - Olímpia X Inter, dois times na zona da degola.
Rodolfo e Robério receberam o terceiro cartão amarelo.

Independente vence em Barretos

Fim de jogo em Barretos:
Paulista da Série A-2:
Barretos 0 x 2 Independente
Gols - Eric Mamer aos 20 e aos 45 do 2T.
Terceira vitória seguida por 2 a 0, curiosamente após a saída de Jamelli e a contratação do técnico Ivan Izzo.
Galo deixa pela primeira vez a zona do rebaixamento, pulando para o 12 lugar, com 10 pontos.
Goleiro Marcelo Bonan mais uma vez foi o melhor em campo, com defesas espetaculares.
Marcação galista foi o ponto forte, segundo o Dr. Roberto Lucato, que comentou o jogo.
Agora serão dois jogos no Pradão: terça contra o Bragantino e sexta diante do Santo André, ambos às 20h.

Minha coluna Pimba de hoje

Técnico novo, vida nova. João Vallim estreia hoje no comando da Internacional na difícil partida contra o São Carlos, às 10h, no Limeirão, pela nona rodada da Série A-3.

Vallim será o 101º treinador da Internacional desde 1975, ano da volta ao profissionalismo.

Ainda restam 11 partidas para o fim desta fase e João Vallim terá muito trabalho, principalmente porque conhece apenas o zagueiro Mário Paiva. A mudança de comando por si só já serve de motivação. Mas é preciso o elenco se esforçar um pouco mais.

Confesso, fiquei com pena do técnico Parraga após a derrota para o Catanduvense, na quarta-feira. Só quem realmente o conhece, sabe do que estou escrevendo. Pela pessoa que é e pelo caráter que tem, não merecia passar por toda essa humilhação. Mas o mundo da bola é assim e nunca vai mudar. 

Verdade seja dita: o torcedor da Internacional associava o técnico Parraga ao acesso do Independente da Segundona para a Série A-3 em 2011. Ele teria que ir muito bem para ter a aprovação dos leoninos. Já era previsto. O goleiro Diego está passando por isso também.

No Independente a gente sabia que o problema era o Jamelli. Na Internacional eu já não tenho certeza se o problema era o Parraga. Enfim, temos que virar a página e focar daqui para frente.

Gostaria de parabenizar o repórter César Roberto pelo show que deu na partida contra o Catanduvense. A cobertura que fez pelos 1020 AM sobre a demissão do técnico Parraga foi de tirar o chapéu. Dá orgulho de fazer parte da equipe comandada pelo Dr Roberto Lucato.

Sobre o torcedor leonino, que pressionou bastante na quarta-feira, inclusive no intervalo da partida, é preciso mudar a postura hoje, pelo menos durante os 90 minutos. Apoiem quanto puder. Ninguém consegue jogar sob pressão. A bola queima no pé.


Quando o Independente mudou o comando técnico, a torcida fez um pacto, desvirou as faixas e prometeu apoiar o time na partida contra o Juventus. Deu certo e o Galo venceu por 2 a 0. Quem sabe aconteça o mesmo hoje no Major Levy.

O Independente terá dois jogos pra lá de importantes durante a semana. Diria que são decisivos e que vão definir o futuro do clube. O Galo recebe o Bragantino na terça-feira e o Santo André na sexta-feira. Torcida precisa comparecer em peso.

O que mais me preocupa é como estará o gramado do Pradão. Com toda essa chuva que caiu no fim de semana, o estádio receberá hoje, às 17h, Guaratinguetá x Comercial pela Série A-3. Que pena.

Que hora errada para se locar o estádio. Acho que quem fez esse acordo deve estar arrependido. Ou não!

Dei o apelido ao zagueiro Josimar de "Dedé do Pradão". E o becão gostou da ideia e o número de sua camisa no Independente nesta A-2 é o 26, exatamente o número usado pelo mito, hoje no Cruzeiro.

Bom jogo na vizinha cidade de Americana hoje Às 16h, o Rio Branco recebe o Velo Clube, pela Série A-2.

Quando o árbitro apitou o início do jogo contra o Olímpia, na Arena Barueri, os jogadores do Grêmio Barueri sentaram no gramado e permaneceram por um minuto. O gesto foi um protesto contra a diretoria, que acumula salários atrasados e não oferece condições ideais para os jogadores. O Olímpia respeitou e ficou apenas tocando a bola, até que todos se levantassem.

Muito triste quando o clube dá as costas para os seus maiores ídolos. O Fluminense demitiu seu advogado.

Rolling Stones não fizeram um show no Allianz Parque porque a "turnê é mundial". Essa foi boa.

Aliás, foi só o Mick Jagger dizer que é corintiano, que três jogadores se machucaram, um pedaço do estádio caiu e o time perdeu o patrocínio. Que fase!

Goleiro Denis já levou 12 gols do Corinthians em quatro partidas. Rogério Ceni aposentou-se com 105 em 72 jogos.

Com Edgardo Bauza, São Paulo tornou-se o time mais violento do Campeonato Paulista, com média de 19,2 faltas por jogo.

A pergunta na última Segunda Esportiva foi: você colocaria o Romário entre os cinco melhores do mundo? Apesar de vascaíno, não. Minha lista teria Pelé, Maradona, Zico, Ronaldo e Messi. Romário seria o sexto.

Quando Guerrero foi contratado, o Flamengo ganhou 70 mil novos sócios. Mas apenas neste começo de ano, Mengão já perdeu quase 4 mil sócios. Diretoria anda preocupada. 

Segundo a CBF, os clubes brasileiros ganharam R$ 535 milhões em transferências para o exterior neste ano. Foram 1.212 jogadores que deixaram o Brasil, sendo 771 são profissionais.

Na hora de gastar, os clubes foram bem mais contidos: 648 atletas vieram do exterior para o Brasil. As transferências envolvendo valores foram apenas 15 e somaram um total de R$ 114 milhões.


Chelsea ofereceu R$ 670 mil por semana para renovar com Willian, meia revelado pelo Corinthians.

O mesmo Chelsea que criou sua primeira torcida oficial LGBT. O grupo é resultado de uma ação do clube com a Gay Football Supporters' Network (GFSN), entidade que representa os torcedores homossexuais, bissexuais e transgêneros no Reino Unido.


Cristiano Ronaldo é a personalidade mais influente do esporte mundial nas redes sociais. O português é o primeiro atleta a alcançar a marca de 200 milhões de seguidores nas três principais redes sociais da atualidade: Facebook, Instagram e Twitter.

Manchester United vai homenagear Sir Bobby Charlton com nome de tribuna em Old Trafford.


Ex-presidente do Bayern de Munique, Uli Hoeness, ficou 21 meses na prisão por evasão de divisas. O dirigente prometeu doar todo o salário que ganhou no trabalho que realizou no período de regime semiaberto para uma fundação de caridade.

Uma biografia autorizada do ex-presidente da Fifa Joseph Blatter, escrita por Thomas Renggli, seu ex-assessor de imprensa, será lançada em março. O livro se chama "Mission Football" (Missão futebol).


Triste demais quando perdemos um ídolo. A morte do grande cantor Chico Rey, da extraordinária dupla Chico Rey e Paraná, entristeceu o mundo sertanejo. Era a dupla que eu mais gostava. Uma perda considerável.

João Vallim diz que todo técnico sonha comandar a Inter de Limeira

A Inter de Limeira, mesmo estando na Série A-3 do Campeonato Paulista, ainda desperta a cobiça dos treinadores. Conhecida e respeitada no interior pelo título paulista de 1986, o Leão valoriza o currículo de um treinador.

Com João Vallim não será diferente. "Todo técnico quer passar pela Inter. É um grande clube do futebol paulista. Estou feliz com o acerto e vou dar o máximo de mim", afirmou o novo comandante em sua apresentação oficial, sexta-feira no Limeirão.

João Vallim sabe que terá muito trabalho pela frente, começando por hoje contra o forte São Carlos, às 10h, no Major Levy. "Nosso adversário montou uma grande equipe. Tive a oportunidade de enfrentá-lo em um jogo-treino com o Velo. É competitivo, mas vem de duas derrotas seguidas. Precisamos vencer".

Depois de 20 anos de carreira, pela primeira vez João Vallim foi demitido. Após quatro partidas sem vitória na Série A-2 (dois empates e duas derrotas), o treinador ganhou o bilhete azul da diretoria, o que lhe deixou bastante magoado.

"Ser demitido com o time na zona de classificação é difícil de aceitar. Nunca tinha sido demitido e o gosto é bastante amargo. Mas bola para frente. Meu foco agora é a Internacional", confidenciou.

Vallim disse que está preparado e que esse pode ser o maior desafio de sua carreira. "A Inter é muito grande para estar nessa situação. Ainda temos 11 rodadas pela frente e vamos livrar o time do rebaixamento. Precisamos vencer neste domingo, até para tranquilizar o elenco e a torcida", comentou.
Vallim foi informado da pressão exercida pela torcida na quarta-feira e espera ter o apoio em sua estreia.

"Os torcedores precisam entender que meu trabalho está apenas começando. Vim aqui para ajudar, mas sozinho ninguém faz nada. É hora de união. Quero um elenco comprometido comigo para que possamos escapar desta situação", frisou.

Currículo
 
João Vallim, de 59 anos, jogou nas categorias de base do Santos na década de 70. Mas se lesionou e decidiu abandonar os gramados, mesmo jovem. Como treinador, teve sua primeira chance em 1999, no União Bandeirante do Paraná, onde ficou por seis anos.

Conquistou acessos no Itararé (da Série B1-B para a B1-A), no Olímpia (2007) e no Taubaté (2009). Seu ponto alto foi no Velo Clube, levando o time da Segundona para a A-2, em um trabalho considerado perfeito.

Passou também pelo Rádium de Mococa, Paraguaçuense, Grêmio Mauaense e comandou a parceria Corinthians e Flamengo de Guarulhos. "Em 2013 só não subi com o Flamengo para A-2 por causa de um ponto. Lamentei muito isso", contou. 

Na estreia de técnico, Inter recebe São Carlos no Limeirão

Jogos às 10h, válido pela 9ª rodada da Série A-3, será o primeiro de João Vallim no comando
Internacional e São Carlos se enfrentam hoje às 10h, no Limeirão, pela 9ª rodada do Campeonato Paulista da Série A-3. Ouça o jogo pelos 1020 AM da Rádio Educadora, com Edmar Ferreira, César Roberto e Naldo Dias. O comando é do Dr.Roberto Lucato.

Será a quinta partida do Leão diante de seu torcedor. O retrospecto até aqui é preocupante, pois foram três derrotas (1 x 0 São José, 2 x 1 Atibaia e 2 a 1 Catanduvense) e apenas uma vitória, diante do São José FC por 2 a 1 e ainda por cima de virada e com um gol aos 44 minutos do segundo tempo.

Técnico João Vallim deve fazer poucas alterações em relação ao time que perdeu para o Catanduvense, quinta-feira no Limeirão, por 2 a 1. A principal novidade deve ser a entrada de Gustavo na lateral-esquerda no lugar de Vitinho.

Do time que treinou ontem, a surpresa foi o meia Léo. Campeão mundial com o Inter/RS, o jogador atuou apenas 19 minutos contra o Catanduvense e deixou o campo machucado. Mas se recuperou a tempo e ontem treinou no time titular no lugar de Zé Matheus. Mas sua presença ainda é uma incógnita.

Rodolfo deixará a lateral-direita para atuar como segundo volante ao lado de Robério, com Vinícius Pedalada na lateral-direita. Frizzi perdeu seu lugar no time.

Parraga, demitido no meio de semana, comandou a Inter nos oito primeiros jogos e sua campanha foi de duas vitórias, um empate e cinco derrotas. O retrospecto deixou o Leão na zona do rebaixamento.
O São Carlos por sua vez, disputará sua quinta partida como visitante nesta Série A-3. Foram três vitórias, diante de Comercial (3 x 0), Fernandópolis (1 x 0) e São José FC (4 x 0) e apenas uma derrota, diante do Rio Preto de Betão Alcântara, na última rodada, por 4 a 0.

Para essa partida o técnico Rafael Guanães terá time completo. O zagueiro Lucas Cezane retorna de suspensão. O São Carlos iniciou a rodada na sexta colocação, com 14 pontos.

Ficha Técnica

Inter x São Carlos

 
Internacional - Diego; Vinícius Pedalada, Mário Paiva, Téssio e Gustavo; Robério, Rodolfo, Malcon e Léo; Conrado e Smith. Técnico - João Vallim.
São Carlos - Ivan, Lucas Cezane, Cássio e Matheus Augusto; Paulo Vitor, Diego Paulista, Alexandre e Mario Augusto (Elton); Renan Barcelos (Alef) e Marcos Nunes (William Dias). Técnico - Rafael Guanães.
Árbitro - Marcos Silva dos Santos Gonçalves
Auxiliares - William Trufeli Malaquias e Vinícius Messias de Souza
Local - Limeirão, 10h.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

João Vallim é o novo técnico da Inter de Limeira

É ELE - João Vallim é o novo técnico da Inter de Limeira. Treinador se apresenta hoje às 14h, no Limeirão. Demitido recentemente no Velo Clube - deixou o time na zona de classificação na A-2 -, Vallim vem para a vaga de Jorge Parraga, demitido após a derrota para o Catanduvense por 2 x 1, no Major Levy. Inter está na zona de rebaixamento na A-3. A informação foi trazida em primeira mão por Denis Suidedo.

Independente não perde em Barretos desde 2002

Ivan Izzo terá apenas um desfalque para a partida de amanhã em Barretos. O zagueiro André Pastor recebeu o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir a suspensão automática. Josimar, o "Dedé do Pradão" pode entrar em seu lugar, uma vez que Denner segue entregue ao Departamento Médico.

O Independente não perde em Barretos desde 2002. Naquele ano, em 23/06, o Galo foi derrotado por 3 a 2. Em seguida foram mais três confrontos pela Série A-3 no Estádio Fortaleza e nenhum tropeço.

Em 03/04/2005, o alvinegro venceu por 3 a 1, gols Givanildo (2) e Moisés.

Em 05/02/2012, nova vitória galista, desta vez por 3 a 2, gols de Brumatti, Rodrigão e Chalita.

Já o último confronto em Barretos foi registrado em 13/03/2013, com um empate por 2 a 2. Os gols limeirenses foram de Chuck e Luisinho.

No total foram 16 confrontos em Barretos. O Independente venceu três, empatou sete e perdeu seis. Marcou 17 gols e sofreu 24.


Confrontos em Barretos

12/06/1977 - Barretos 1 x 1 Independente
13/11/1977 - Barretos 1 x 1 Independente
12/08/1979 - Barretos 1 x 0 Independente
03/04/1980 - Barretos 0 x 0 Independente
25/08/1980 - Barretos 0 x 1 Independente
25/02/1981 - Barretos 0 x 0 Independente
04/10/1981 - Barretos 0 x 0 Independente
03/05/1992 - Barretos 2 x 0 Independente
24/04/1994 - Barretos 5 x 1 Independente
08/09/1996 - Barretos 3 x 1 Independente
31/05/1998 - Barretos 2 x 1 Independente
14/11/1999 - Barretos 1 x 1 Independente
23/06/2002 - Barretos 3 x 2 Independente
03/04/2005 - Barretos 1 x 3 Independente
05/02/2012 - Barretos 2 x 3 Independente
13/03/2013 - Barretos 2 x 2 Independente

Ivan Izzo é o 26º técnico que estreia com vitória no Independente

O clima no Independente é outro após duas vitórias consecutivas no Campeonato Paulista da Série A-2. Desde a demissão do técnico Paulo Jamelli e a chegada do técnico Ivan Izzo, o Galo só venceu e ainda por cima, não sofreu gol, um dos graves problemas no início da competição - a média chegou a três gols sofridos por partida.

Jogadores como Murilo, André Pastor, Romarinho, Diogo e Eric Mamer se motivaram, cresceram de produção e viraram peças fundamentais no esquema tático do novo comandante.

Mesmo com duas vitórias seguidas, o Galo ainda segue na zona de rebaixamento, mas agora em 17º lugar, com 7 pontos, estando a apenas um do Penapolense, primeiro time que hoje escaparia da degola.

Os próximos jogos do Galo serão complicados. Enfrenta o Barretos, amanhã às 19h, fora de casa, recebe o Bragantino na terça e o Santo André na sexta-feira e na segunda-feira seguinte vai ao Canindé pegar a Portuguesa. Não tem jogo fácil nesta divisão.

Ivan Izzo é o 70º treinador da história do Independente e o 26º que estreou com vitória. O último técnico que venceu seu primeiro jogo no Galo foi Wagner dos Anjos na Copa Paulista de 2012. O Independente derrotou o Capivariano, em Capivariano, por 3 a 2. Mas vale lembrar que como interino, Fernando Alves comandou o Galo na vitória sobre o Juventus por 2 a 0, no sábado.

Técnicos que estrearam com vitória no Galo:

Badê - 03/09/1972 - Independente 1 x 0 Guaçuano
Bidon - 17/10/1976 - Independente 4 x 1 Ginásio Pinhalense
Valeriano de Almeida - 02/10/1977 - Saad 0 x 1 Independente
Foguinho - 28/05/1978 - Independente 2 x 0 Nacional
Edson Oliveira - 21/06/1981 - Independente 2 x 0 Barretos
Geraldo Damasceno - 12/06/1982 - Independente 3 x 0 Mogi Mirim
Anibal - 08/08/1982 - Ituano 0 x 2 Independente
João Ferraz - 08/05/1983 - Independente 2 x 1 Guaçuano
João Magoga - 16/09/1984 - Primavera 0 x 2 Independente
José Carlos Fescina - 01/05/1985 - Independente 1 x 0 Derac
Chicão - 07/06/1987 - Independente 1 x 0 Rio Claro
Orlando Bianchi - 27/08/1987 - Independente 1 x 0 Sãocarlense
Bassinho - 04/10/1987 - União Barbarense 0 x 0 Independente
Zé Maria - 07/04/1996 - Capivariano 0 x 1 Independente
João Luiz - 10/05/1998 - Independente 2 x 0 Lemense
Roberto Fernandes - 17/02/2002 - Independente 1 x 0 Taubaté
Beto Médice - 02/02/2003 - Ferroviária 0 x 3 Independente
João Paulo - 01/02/2004 - Mauaense 0 x 1 Independente
Antonione - 28/03/2004 - Independente 3 x 2 Mauaense
Edson Mariano - 25/02/2006 - Mauaense 1 x 3 Independente
Neca - 17/05/2009 - Sumaré 0 x 1 Independente
Jorge Parraga - 01/05/2011 - Independente 3 x 2 Bariri
Sandro Gomes - 29/01/2012 - Independente 3 x 1 São Bento
Wagner dos Anjos - 14/07/2012 - Capivariano 2 x 3 Independente
Fernando Alves - 20//02/2016 - Independente 2 x 0 Juventus
Ivan Izzo - 24/02/2016 - Independente 2 x 0 Penapolense

Inter de Limeira perde novamente e técnico Parraga deixa o cargo

Jorge Parraga não é mais técnico da Internacional. Ele não resistiu a derrota sofrida para o Catanduvense, em pleno Limeirão, por 2 a 1, ontem à noite, diante de 397 pagantes.

O treinador deixa o comando leonino com uma campanha de duas vitórias, um empate e cinco derrotas, retrospecto que coloca o Leão em 18º lugar na Série A-3, com 7 pontos, na zona de rebaixamento para a última divisão do futebol paulista. Mas a apenas dois do Primavera, primeiro que hoje escaparia.

Parraga fez tudo o que podia. Ontem por exemplo, colocou em campo uma equipe extremamente ofensiva, com três ataques (Frizzi, Conrado e Smith) e dois meias de ligação (Léo e Vitinho). Apenas o volante Robério era o responsável pela marcação.

A situação da Inter que já era complicada, ficou ainda mais aos 14 minutos, quando Leandro Tanaka abriu o placar em cobrança de falta frontal. Além de passar no meio da barreira, a bola ainda tocou na trave antes de entrar. Isso sim que se chama "fase".

Para piorar, o estreante meia Léo, campeão mundial com o Inter/RS e esperança leonina, deixou a partida lesionado aos 19 minutos para a entrada de Zé Matheus.

A Inter foi atrás do empate e conseguiu aos 21 minutos, quando o lateral Ceará derrubou infantilmente Conrado na área. Pênalti marcado pelo árbitro Rafael dos Santos Alves. O lateral Rodolfo mandou um tubaço no meio do gol, sem chances para Wendel: 1 a 1. Foi seu terceiro gol pela Veterana.

O segundo tempo foi morno, sem grandes emoções. A Inter tinha uma tremenda dificuldade para entrar na área do Catanduvense. Enquanto isso, o rival tocava a bola como queria e gastava o tempo, feliz com o empate.

Mas aos 32 minutos, a torcida que já protestava nas arquibancadas e atrás do banco de Parraga exigindo a sua saída, ficou ainda mais revoltada com o segundo gol do Catanduvense. Na assistência perfeita de Leandro Tanaka, Fabinho, que tinha acabado de entrar no jogo, recebeu na área e tocou entre as pernas de Diego: 2 a 1.

A Inter não teve forças para reagir e perdeu mais uma no Major Levy. Fim de outro tabu: nunca o Catanduvense tinha vencido a Inter em Limeira na história. Até então eram 10 confrontos, com 9 vitórias e 1 empate.

Nenhum jogador foi poupado das vaias. Após a partida, o gerente de futebol Marcos Bagatella comunicou a demissão de Parraga ao repórter César Roberto, da equipe Educadora/Gazeta de Limeira, o que acalmou a torcida após os protestos.

Ainda hoje, um novo treinador deverá ser contratado. Os dois principais nomes da lista são João Vallim, demitido recentemente do Velo Clube e Paulinho Mc Laren. A Inter volta a jogar no domingo, às 10h, contra o São Carlos, novamente no Major Levy.

Inter 1 x 2 Catanduvense
 
Gols - Leandro Tanaka, de falta aos 14 do 1ºT e Fabinho aos 32 do 2ºT (CA); Rodolfo, de pênalti, aos 22 do 1ºT (IN)
Local - Limeirão
Árbitro - Rafael dos Santos Alves
Auxiliares - Tiago Henrique Ferro e Rafael Acácio Toledo
Público - 397
Renda - R$ 4.135,00
Internacional - Diego; Rodolfo, Mário Paiva, Téssio e Malcon; Robério, Vitinho e Léo (Zé Matheus); Frizzi (Dodô), Conrado e Smith (Vinícius Pedalada). Técnico - Jorge Parraga
Catanduvense - Wendel; Ceará (Fabinho), Rufino, Carlinhos e Assis; Alemão, Leandro Tanaka, Tabarana e William Baiano (Douglas); Walker e Pablo. Técnico - Sérgio Caetano.
Ocorrências - cartões amarelos para Rodolfo, Vinícius Pedalada e Smith (IN); Ceará, Leandro Tanaka e Walker (CA).

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Inter demite Jorge Parraga

Confirmado - Jorge Parraga não é mais técnico da Inter de Limeira. Foi demitido agora pouco pelo gerente de futebol Marcos Bagatella após a derrota para o Catanduvense, no Limeirão, por 2 a 1. Treinador teve uma campanha de 2 vitórias, 1 empate e 5 derrotas. Inter está na zona do rebaixamento da Série A-3 com 7 pontos ganhos. João Vallim, ex-Velo Clube pode substituí-lo. Paulinho Mc Laren também interessa.

Inter perde do Catanduvense

Fim de jogo no Limeirão:
Série A-3 do Paulista:
Inter 1 x 2 Catanduvense
Gols - Leandro Tanaka de falta aos 14 do 1T e Fabinho aos 32 do 2T (CA) e Rodolfo de pênalti aos 22 do 1T (IN)
Público - 397
Renda - R$ 4.135,00
Torcida protestou demais e pede a saída do técnico Jorge Parraga. Clima muito quente aqui.
São 2 vitórias, 1 empate e 5 derrotas.
Inter está apenas em 18 lugar com 7 pontos, estando a dois do Primavera, primeiro time que hoje escaparia da degola para a última divisão.
Domingo, 10h - Inter X São Carlos.

Campeonato Paulista da Série A-2

8ª Rodada:
 
Taubaté 3 x 1 Portuguesa
São Caetano 1 x 1 Velo Clube
Marília 1 x 1 Atlético Sorocaba
Juventus 1 x 1 Santo André
Monte Azul 0 x 2 Votuporanguense
União Barbarense 2 x 0 Paulista
Independente 2 x 0 Penapolense
Guarani 1 x 1 Rio Branco
Barretos 2 x 1 Batatais
Mirassol 2 x 1 Bragantino

Próxima rodada:
 
26/2 - 19h - São Caetano x Marília
27/2 - 15h - Santo André x Guarani
27/2 - 16h - Atlético Sorocaba x Juventus
27/2 - 16h - Portuguesa x Monte Azul
27/2 - 16h - Paulista x Mirassol
27/2 - 17h30 - Bragantino x Taubaté
27/2 - 19h - Barretos x Independente
27/2 - 19h - Batatais x Votuporanguense
27/2 - 19h30 - Penapolense x União Barbarense
28/2 - 16h - Rio Branco x Velo Clube

Classificação:

1 União Barbarense 16
2 Mirassol 16
3 São Caetano 16
4 Bragantino 15
5 Batatais 14
6 Taubaté 14
7 Velo Clube 14
8 Guarani 14

9 Barretos 13
10 Santo André 11
11 Juventus 11
12 Votuporanguense 10
13 Portuguesa 9
14 Penapolense 8
15 Paulista 8
16 Atlético Sorocaba 7
17 Independente 7
18 Marília 6
19 Rio Branco 5
20 Monte Azul 5

Em clima de tensão, Inter recebe Catanduvense no Limeirão

Vencer ou vencer. Apenas uma vitória esta noite diante do Catanduvense, às 20h, no Limeirão, pode devolver a tranquilidade a Internacional. Na zona do rebaixamento da Série A-3, o alvinegro tem dois jogos em casa para mudar a situação incômoda a que se encontra.

O clima é tenso e protestos foram registrados na frente do Limeirão na terça-feira à noite, durante a reunião do Conselho Deliberativo. Preocupados com o fantasma do rebaixamento para a última divisão do futebol paulista, os torcedores exigem um maior comprometimento do elenco e querem resultados imediatos.

Mas o adversário desta noite é muito perigoso. Caiu recentemente da A-2 e quer retornar a divisão. O técnico Sérgio Caetano formou um elenco competitivo e por isso, está invicto na competição, com três vitórias e quatro empates.

Com 13 pontos ganhos, o Catanduvense disputará sua quinta partida fora de casa. Nas quatro anteriores, venceu o Rio Preto (1 x 0) e empatou com Comercial (2 x 2), Atibaia (0 x 0) e Sertãozinho (1 x 1).

Três reforços estreiam hoje no Catanduvense: o lateral Denner Assunção, ex-Matonense, o meia Yamada, da Ferroviária e o artilheiro Jacaré, que veio do Barretos.

O técnico Jorge Parraga só não poderá contar com o volante Giba, que segue entregue ao Departamento Médico. Por outro lado, o zagueiro Diego Gaúcho, o meia Vitinho e os atacantes Smith e Frizzi retornam.

A principal novidade será a estreia do experiente meia Léo, campeão do mundo com o Inter/RS e que estava no Guarani. A Inter será bastante ofensiva, apenas com Robério na marcação. "Espero que dê certo, pois precisamos vencer", afirmou Parraga.

Ouça o jogo pelos 1020 AM da Rádio Educadora, com Edmar Ferreira, César Roberto e Naldo Dias. O comando é do Dr.Roberto Lucato.

Confrontos

Inter e Catanduvense já se enfrentaram 19 vezes na história. São 12 vitórias leoninas, 4 empates e apenas 3 vitórias do rival. O Leão marcou 29 gols e sofreu 16.

O último duelo entre as equipes foi registrado em 17/02/2008 pela Série A-2. Empate por 2 a 2 em Catanduva. Os gols leoninos foram marcados por Domingos e William.

No Limeirão, o último embate foi há 21 anos, mais precisamente em 09/08/1995. Empate sem gols. O Catanduvense nunca derrotou o Leão no Major Levy. Foram 10 confrontos, com 9 vitórias leoninas e 1 empate. A Inter marcou 21 gols e sofreu apenas 6.

Ficha Técnica

Internacional x Catanduvense


Internacional - Diego; Rodolfo, Mário Paiva, Téssio e Malcon; Robério, Zé Matheus e Léo; Frizzi, Conrado e Smith. Técnico - Jorge Parraga.
Catanduvense - Wendell; Denner, Rufino, Carlinhos e Assis; Alemão, Tabarana, Leandro Tanaka e Willian Baiano (Yamada); Pablo e Jacaré. Técnico - Sérgio Caetano.
Árbitro - Raphael dos Santos Alves
Auxiliares - Tiago Henrique Ferro e Rafael Acácio Toledo
Local - Limeirão, 20h.

Confrontos no Limeirão:

06/11/1955 - Internacional 5 x 2 Catanduvense
07/03/1976 - Internacional 3 x 2 Catanduvense
03/11/1976 - Internacional 2 x 0 Catanduvense
13/12/1978 - Internacional 1 x 0 Catanduvense
30/04/1989 - Internacional 2 x 1 Catanduvense
11/08/1991 - Internacional 2 x 1 Catanduvense
28/02/1993 - Internacional 2 x 0 Catanduvense
01/05/1994 - Internacional 2 x 0 Catanduvense
12/02/1995 - Internacional 2 x 0 Catanduvense
09/08/1995 - Internacional 0 x 0 Catanduvense

Com dois de Romarinho, Independente vence o Penapolense no Pradão


Um Independente concentrado, determinado e com muita, muita raça. Na estreia oficial do técnico Ivan Izzo, que novamente ficou nas cabines de imprensa por falta de documentação, o Galo derrotou o Penapolense e embalou no Campeonato Paulista da Série A-2.

Foi a segunda vitória por 2 a 0, o que comprova que a "casinha" foi arrumada. Ou seja, a tão frágil defesa de Jamelli, agora com os retornos de Murilo e André Pastor completou 180 minutos sem levar gol sob novo comando. Pena que foram apenas 290 pagantes, culpa da chuva.

O Independente teve três protagonistas ontem à noite. O meia Romarinho, autor dos dois gols, o goleiro Marcelo Bonan, que fez defesas impressionantes e o volante Cláudio Falcão, incansável na marcação.

Com Walker vetado antes da partida em razão de uma indisposição, Fabiano entrou no setor. Nas demais posições, o Galo foi o mesmo que havia derrotado o Juventus, sábado no Pradão.

Aos 4 minutos, Marcelo Bonan fez seu primeiro milagre no jogo ao evitar o gol de Beto, após escanteio cobrado por Vinícius. Uma cabeçada a queima-roupa, que assustou à todos. Quando as coisas começam a dar certo não tem jeito. No minuto seguinte, Romarinho recebeu na área e, de carrinho, colocou de bico no canto esquerdo de Samuel: 1 x 0.

E o segundo do alvinegro só não veio em seguida porque Americano se enrolou com a bola em um contra-ataque gigante e bem executado. Aos 11, Cláudio Falcão desarmou na defesa do Penapolense, mas pegou mal na bola.

O time de Penápolis tinha no experiente Rodrigo Souto, ex-São Paulo, Santos e Vasco, uma boa opção de passe. Aos 16, o meia arriscou de fora da área e Marcelo Bonan segurou.

Bonan voltou a trabalhar aos 19, quando espalmou a cobrança de falta de Vinícius. O Independente voltou a levar perigo somente aos 33, quando Americano recebeu de Bruno Oliveira e ajeitou para Romarinho, que tirou tinta da trave de Samuel com um chute da entrada da área.

O segundo tempo começou agitado. Logo aos 2 minutos, no cruzamento de Bruno Oliveira, Cláudio Falcão bateu para o gol e Americano, impedido, completou. Gol anulado pela arbitragem.

Um novo personagem surgiu no Galo na etapa complementar: Eric Mamer. Aos 10, o rápido atacante recebeu de Americano e bateu com curva, rente a trave de Samuel.

A entrada de Felipe melhorou consideravelmente o Penapolense. Aos 15, o meia arriscou e Marcelo Bonan soltou. Para sorte dos galistas, Murilo estava atento e mandou para escanteio. Aos 16, de novo Bonan. O goleiro espalmou a finalização de Gleidson, após tabela com Beto.

Quanto o time do coração de Sabrina Sato estava próximo do empate, Eric Mamer puxou um contra-ataque em velocidade pela esquerda e rolou na medida para Romarinho, que encheu o pé, no canto de Samuel: 2 a 0. O chamado gol do alívio. Foi o 5º gol do meia em 29 jogos pelo Galo.


Com o segundo gol, o Independente abdicou completamente do ataque e passou a só se defender. O Penapolense tentou de todas as formas um gol para colocar fogo no jogo, mas Marcelo Bonan deixou para fazer uma das defesas mais espetaculares de sua carreira aos 33 minutos. Kesley aproveitou uma sobra na pequena área e de frente com o arqueiro, chutou forte. No puro reflexo, o ídolo da torcida evitou. Um verdadeiro milagre.

Ivan Izzo ainda colocou o zagueiro Josimar para reforçar a defesa. Foi o retorno do "Dedé do Pradão" após vários meses no departamento médico com uma grave lesão no joelho. Os jogadores vibraram muito com o apito final e vão embalados para o jogo de sábado, às 19h, contra o Barretos, fora de casa.

Independente 2 x 0 Penapolense

Gols - Romarinho aos 5 do 1º tempo e aos 23 do 2º tempo (IN)
Local - Pradão
Árbitro - Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Auxiliares - Patrick André Bardauil e David Botelho Barbosa
Público - 290
Renda - R$ 3.140,00
Independente - Marcelo Bonan; Vinícius Bovi, Murilo, André Pastor e Bruno Oliveira; Fabiano, Cláudio Falcão, Romarinho (Josimar) e Diogo (Jordy Guerreiro); Americano (Aguilar) e Eric Mamer. Técnico - Ivan Izzo.
Penapolense - Samuel; Dominguinhos, Ricardo, Luiz Ricardo e Murilo Ceará; Jairo, Rodrigo Souto (Felipe), Vinícius (Ramos) e Gleidson; Beto (Edmar) e Kesley. Técnico - Paulinho Kobayashi.
Ocorrências - cartões amarelos para Marcelo Bonan, André Pastor (3º) e Eric Mamer (IN); Felipe, Vinícius e Kesley (PE).

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Independente vence Penapolense

Fim de jogo no Pradão:
Série A-2 do Paulista:
Independente 2 x 0 Penapolense
Gols - Romarinho aos 5 do 1T e aos 23 do 2T.
Público - 290
Renda - R$ 3.140
Estreia oficial do técnico Ivan Izzo, que por falta de documentação, comandou o time da cabine de imprensa.
Show de raça e determinação do Independente. Parece outro time.
Marcelo Bonan fez verdadeiros milagres, enquanto Cláudio Falcão mandou bem demais na marcação.
Galo pula para o 17º lugar com 7 pontos, estando a 1 do Penapolense, primeiro time que hoje escaparia da degola.
Sábado, às 19h - Barretos x Independente

Ricardo Oliveira também na China

ADEUS - Ricardo Oliveira não é mais jogador do Santos. O presidente Modesto Roma Júnior e o superintendente de futebol do clube, Dagoberto Santos, estão reunidos neste momento na Vila Belmiro, acertando os últimos detalhes do contrato de venda para o Beijing Guoan, da China, mesmo time dos ex-corintianos Ralf e Renato Augusto.

A diretoria santista, que aceitou a proposta de 10 milhões de euros (R$ 43,6 milhões), já cancelou a homenagem que seria feita ao artilheiro antes do jogo contra o Mogi Mirim, amanhã no Pacaembu, pelos seus 100 jogos pelo clube.

João Vallim cai no Velo

João Vallim não é mais técnico do Velo Clube. Sequência de 4 jogos sem vitória no Campeonato Paulista da Série A-2 pesou.

Foram dois empates diante de Guarani (1 x 1) em casa e São Caetano, fora (1 x 1) e duas derrotas para Portuguesa, fora (2 x 1) e Taubaté, em casa (2 x 1).

Última vitória foi diante do Independente por 1 a 0, no Benitão.

Luís dos Reis, demitido recentemente do Rio Claro, seria o novo treinador do rubro-verde.

Torcedores da Inter de Limeira realizam protesto na frente do Limeirão

PROTESTO - Clima esquentou ontem à noite no Limeirão na reunião do Conselho Deliberativo. Segundo informações da Coluna Dois Toques, da Gazeta de Limeira, escrita por Denis Suidedos, torcedores da Internacional fizeram pressão, cobraram resultados e exigiram vitórias, começando por esta quinta-feira contra o Catanduvense. 

Frases como "prestação de contas", "transparência", "diretoria amadora" foram colocadas no estacionamento do Major Levy. Gritos de "time sem vergonha" também foram ecoados. Leão está na zona do rebaixamento da Série A-3. Clima é bastante tenso.

Smith retorna a Inter de Limeira contra o invicto Catanduvense

Dois jogos em casa para vencer e deixar a zona do rebaixamento da Série A-3. Mas os adversários são complicados, perigosos e estão dentro da zona de classificação para a segunda fase.

Amanhã diante do Catanduvense, às 20h e domingo, frente ao São Carlos, às 10h, o Leão fará duas verdadeiras batalhas. A luta pela permanência na divisão passou a ser o primeiro objetivo após quatro derrotas em sete jogos.

O Catanduvense está invicto na A-3, com três vitórias e quatro empates. Com 13 pontos ganhos, ocupa a sétima colocação.

Em Catanduva foram três jogos, com duas vitórias diante de Itapirense (2 x 0) e Grêmio Osasco (1 x 0) e um empate, frente ao São José (1 x 1). Já como visitante, venceu o Rio Preto (1 x 0) e empatou com Comercial (2 x 2), Atibaia (0 x 0) e Sertãozinho (1 x 1).

O time de Catanduva conta com três velhos conhecidos da torcida leonina, são eles o zagueiro Rufino e a dupla de ataque formada por Pablo e Thauã, jogadores que foram comandados por Betão Alcântara na Veterana.

Técnico Parraga terá time completo amanhã. O zagueiro Diego Gaúcho, o meia Vitinho e os atacantes Smith e Frizzi retornam de contusão. Porém, o treinador ainda não definiu a formação titular.

A provável Inter para amanhã: Diego; Rodolfo, Mário Paiva, Téssio (Diego Gaúcho) e Gustavo (Frizzi); Robério, Rubens, Maicon e Zé Matheus; Smith e Conrado.

A 8ª rodada será aberta hoje: 15h - Atibaia x Grêmio Osasco e Nacional x Fernandópolis; 19h - Rio Preto x São Carlos e Itapirense x Noroeste e às 20h - Sertãozinho x Flamengo, São José FC x São José, Grêmio Barueri x Guaratinguetá e Olímpia x Primavera.

Independente deve repetir escalação pela primeira vez contra o Penapolense

Em busca da segunda vitória no Campeonato Paulista da Série A-2, o Independente recebe o Clube Atlético Penapolense, às 20h no Pradão, pela 8ª rodada da fase de classificação.

Depois de vencer o Juventus por 2 a 0, também em casa, o Galo tentará mais três pontos para ficar cada vez mais próximo de sair da zona de rebaixamento. Neste momento o alvinegro ocupa a última posição, com 4 pontos.

O duelo contará com a transmissão da equipe Educadora/Gazeta de Limeira 1020 AM com Edmar Ferreira, João Valdir de Moraes, Tatinha Casagrande e Denis Suidedos. No comando da jornada, dr. Roberto Lucato.

Será a primeira vez que Ivan Izzo, novo treinador, estará no banco de reservas. Fernando Alves, supervisor que cumpriu a missão na última partida, retornará para os bastidores.

Pelo que se viu nos treinamentos, o time deverá ser o mesmo da última vitória. Seria a primeira vez que este fato aconteceria este ano.

No departamento médico estão Guilherme Turim, Ricardo Oliveira e Denner. Com dois cartões amarelos, pendurados, constam os volantes André Pastor e Fabiano, além do atacante Americano.

O árbitro da partida será Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, o mesmo que na Série A-2 do ano passado, na partida contra o Atlético de Soracaba, no Pradão, pela penúltima rodada da competição, anulou gol legítimo de Johnathan.

Ele tem 44 anos e apitou quatro partidas em 2016, com três vitórias dos visitantes e apenas uma da equipe mandante, a vitória do Corinthians sobre o Capivariano por 2 x 1.

Os ingressos seguem a venda, na Banca IV Centenário e na loja do clube, até às 16h, ao valor de R$ 10.

Após o horário, o bilhete voltará ao seu preço normal, ou seja, R$ 20, com a opção de meia-entrada para estudantes e aposentados com seus respectivos documentos.

O próximo adversário do Independente será o Barretos, sábado, às 19h, fora de casa. Depois serão outros dois jogos seguidos no Pradão, contra Bragantino, na terça-feira e Santo André, na sexta-feira, ambos às 20h.

Penapolense

A Pantera da Noroeste soma oito pontos ganhos na tábua de classificação, quatro a mais do que o Independente. A equipe comandada pelo técnico Paulinho Kobayashi não teve um bom início de Série A-2.
Perdeu os dois primeiros jogos para Juventus, na Rua Javari (1 x 0) e Paulista, em casa (2 x 1).

Depois foram dois empates seguidos diante de Bragantino, em Bragança Paulista (2 x 2) e São Caetano, em Penápolis (1 x 1).

A primeira vitória foi conquistada apenas na quinta rodada, sobre o Atlético de Sorocaba por 3 a 0, diante de sua torcida.

Nos últimos dois jogos, o Penapolense perdeu em Taubaté por 1 a 0 e venceu o Marília por 2 a 1, em casa. Ou seja, como visitante a Pantera colecionou um empate e duas derrotas.

Confrontos históricos

Independente e Penapolense se enfrentaram apenas três vezes na história no Pradão. Em 18/11/1973, o Galo venceu por 3 a 0, gols de Careca (2) e Nestor. Em 30/03/2008, o time de Penápolis surpreendeu e saiu com a vitória de Limeira por 2 a 1.

O último duelo foi registrado em 24/10/2015, pelas quartas de final da Copa Paulista. O alvinegro empatou por 1 a 1, gol de Americano. No jogo de volta, empate sem gols que custou a eliminação galista.

Aliás, esse foi o último gol do centroavante no Pradão. Nesta A-2, Americano balançou a rede apenas uma vez, justamente na derrota em Taubaté por 5 a 1, na estreia da competição.

Demais jogos de hoje pela oitava rodada: 15h - Juventus x Santo André e Monte Azul x Votuporanguense; 20h - União Barbarense x Paulista, Guarani x Rio Branco e Barretos x Batatais e às 20h30 - Mirassol x Bragantino.

Ficha Técnica

Independente x Penapolense


Independente - Marcelo Bonan; Vinícius Bovi, Murilo, André Pastor e Bruno Oliveira; Walker, Cláudio Falcão, Romarinho e Diogo; Éric Mamer e Americano. Técnico - Ivan Izzo.
Penapolense - Samuel Pires; Neilson, Zelão, Ricardo e Murilo Ceará; Jairo, Rodrigo Souto, Vinícius e Kesley; Fio e Beto. Técnico - Paulinho Kobayashi.
Árbitro - Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Auxiliares - Patrick André Bardauil e David Botelho Barbosa
Local - Estádio Comendador Agostinho Prada, às 20h.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Marlone para por um mês

MAIS UM FORA - O meia-atacante Marlone teve confirmado um entorse no tornozelo esquerdo e ficará quatro semanas afastado dos gramados. Trata-se de mais uma baixa no Corinthians, que já tinha perdido Guilherme e Elias. 

Marlone se machucou logo após entrar no segundo tempo contra a Ferroviária, domingo em Araraquara. Ele levou um carrinho do lateral-esquerdo Thallyson no empate por 2 a 2.

Clayton é do Atlético/MG

É DO GALO - Nem Corinthians e muito menos Palmeiras. Clayton, de 20 anos, revelação do Figueirense, é o novo reforço do Atlético/MG. A assinatura de contrato do atacante com o clube mineiro deve acontecer ainda hoje. Clayton não poderá ser inscrito na fase de grupos da Taça Libertadores. Na última temporada, marcou 7 gols em 29 partidas no Brasileirão.

Elias para por um mês

UM MÊS FORA - O volante Elias terá que ficar um mês afastado dos gramados. O jogador do Corinthians sofreu uma fissura na fíbula da perna esquerda e está com a região imobilizada. A lesão foi confirmada após exames nesta manhã.

Elias se machucou no jogo contra o Audax, dia 4 de fevereiro, em Osasco, pelo Paulistão. Ele foi poupado das partidas contra Capivariano e São Paulo, mas voltou contra o Cobresal, na estreia da Taça Libertadores.

Fratura inesperada


FRATURA - Uma das lutas mais aguardadas do ano não deve sair do papel. O brasileiro Rafael dos Anjos quebrou o pé em um treinamento e está fora da luta contra Conor McGregor, que aconteceria no próximo sábado, dia 5 de março. O UFC estaria tentando correr contra o tempo para achar um substituto que aceitaria a luta contra o irlandês com menos de duas semanas de preparação. Até agora, porém, nada foi acertado.

Elano para por três semanas


A lesão no tornozelo direito, ocorrida ontem, em coletivo contra o Santos B no CT Rei Pelé, vai afastar Elano dos gramados por até três semanas. O meia iracemapolense, que recebeu uma forte entrada do garoto Somália, usou uma de suas redes sociais para mostrar como ficou o local lesionado. Recentemente, Elano renovou seu contrato com o Peixe até o final de 2016.

Winner Limeira retorna aos treinos


DE VOLTA - A temporada 2016 começou oficialmente para os elencos Sub-19 e Sub-22 da Winner/Limeira. Os garotos se apresentaram no Vô Lucato visando o Campeonato Paulista Sub-19 e a Liga de Desenvolvimento de Basquete Sub-22. Os técnicos continuam sendo Jece Leite e Otávio Troyano, com a supervisão do eterno capitão Renato Lamas. Denis Fernando segue na assessoria de imprensa. Já o saudoso time adulto deve retornar no ano que vem, o que deixa a torcida bastante esperançosa.

Após gol, Murilo diz que foi o melhor fim de semana de sua vida


Abraços e beijos da família, telefonemas, mensagens e muito, mais muito incentivo. O fim de semana do zagueiro Murilo foi o chamado "dos sonhos". O limeirense marcou seu primeiro gol como jogador profissional, justamente no momento em que mais o Independente precisava.

O Galo bateu o Juventus por 2 a 0, sábado no Pradão, e ganhou confiança para a sequência da Série A-2. "Queria fatiar esse gol e dedicar aos meus pais, ao meu avô Arlindo e ao técnico Tié que me revelou. Todos sempre me apoiaram muito e acreditaram em mim. Foi o melhor fim de semana que tive em toda minha vida", afirmou.

E o gol teve um peso ainda maior por Murilo ser limeirense, morador do bairro Gustavo Piccinini. Filho de Adriano Donizete Gonçalves e Vanilza dos Santos Gonçalves, o becão disse que foi um presente aos pais, que são galistas roxos. Já Gustavo Henrique, de 16 anos, ficou todo orgulhoso pelo feito do irmão.

Mas o início desta temporada não foi o esperado pelo zagueiro. Titular nos quatro primeiros jogos, Murilo viu a defesa galista sofrer 11 gols e em seguida perdeu seu lugar no time. "A vida de jogador é assim mesmo. Tem altos e baixos. Não desanimei. Continuei trabalhando e esperei uma nova oportunidade. Graças a Deus ela veio contra o Juventus e eu pude retribuir a confiança depositada em mim com gol. Bom também é que pela primeira vez não sofremos gols", frisou.


Murilo, 20 anos (03/05/1995), foi revelado na escolinha do professor Tié. Jogou duas Copas Gazetas - foi vice em uma delas pelo Sub-13. Passou três anos nas categorias de base do Barueri (de 2010 a 2013), defendeu o Sub-20 do Guaçuano e foi aprovado em uma peneira no Independente.

Após se destacar no Sub-20, ganhou uma chance no time profissional galista e fez sua estreia na Copa Paulista do ano passado. Em seu primeiro jogo como titular, o Independente empatou com o São Bernardo por 2 a 2, no ABC. Murilo foi um dos melhores em campo.

Com 1m83 e 85 kg, o zagueiro, que é fã de Thiago Silva do PSG, espera se firmar no Independente e quem sabe no futuro, defender uma equipe grande do futebol brasileiro para poder sustentar a família.

O gol que marcou no sábado aumentou ainda mais sua motivação e a vontade de trabalhar.

"O novo técnico (Ivan Izzo) chegou e assistiu nosso jogo. Marquei um dos gols. Foi bom demais. Espero que ele tenha aprovado meu futebol e que eu possa continuar no time. Se voltar para a reserva, continuarei trabalhando da mesma forma para que surja uma nova chance. Quero ajudar o Independente a sair dessa situação", completou. Murilo é uma das grandes apostas da Arte da Bola.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Inter de Limeira contrata o preparador físico André Zaros


Mudança na comissão técnica da Internacional após nova derrota no Campeonato Paulista da Série A-3. Depois do tropeço em Itapira para a Itapirense por 1 a 0, a diretoria confirmou a contratação do experiente preparador físico André Zaros. Em seu currículo constam passagens pelo Paulista de Jundiaí, Botafogo, Independente, Gama, futebol árabe, entre outros. Ele inicia seu trabalho hoje, visando o jogo de quinta-feira contra o Catanduvense, no Major Levy.

Fenômeno no Hall da Fama


HALL DA FAMA - O ex-atacante Ronaldo Fenômeno, ex-Inter de Milão (1997-2002) e Milan (2007-2008), entrou hoje para o "Hall da Fama" do futebol italiano, durante cerimônia realizada em Florença. Também foram homenageados Marco Tardelli, Gianluca Vialli e Roberto Mancini.

Bola da Copa América


É ELA - A edição centenária da Copa América teve seus grupos sorteados ontem. Além de definir a chave, a Conmebol também mostrou a bola que será usada no torneio. A bola Nike será predominantemente com pentágonos brancos com contorno em preto e uma parte em vermelho. O modelo deverá ser utilizado na próxima temporada dos campeonatos da Itália, Inglaterra, Espanha, entre outros.

Brasil conhece adversários da Copa América Centenário

A Seleção Brasileira conheceu seus adversário na Copa América Centenário, que será disputada em 2016, nos EUA, pela primeira vez com seleções de todas as Américas. O sorteio foi realizado no domingo e colocou o Brasil ao lado de Peru, Equandor e Haiti.

O Brasil foi um dos quatro cabeças-de-chave do torneio que terá 16 seleções divididas em quatro grupos, classificando os dois melhores para as quartas de final.

A seleção vai estrear no dia 4 de junho, contra o Equador, em Los Angeles. No dia 8, o adversário será o Haiti, em Orlando. O Brasil fecha a participação da primeira fase no dia 12, contra o Peru, em Foxborough.

Grupos:

Grupo A - Estados Unidos, Colômbia, Costa Rica e Paraguai

Grupo B - Brasil, Equador, Haiti e Peru

Grupo C - México, Uruguai, Jamaica e Venezuela

Grupo D - Argentina, Chile, Panamá e Bolívia

Felipe Anderson no Manchester


VENDIDO - O brasileiro Felipe Anderson, de 22 anos, é o novo reforço do Manchester United. O presidente da Lazio, Claudio Lotito, confirmou hoje que o meia foi vendido aos ingleses por 60 milhões de euros (cerca de R$ 265 milhões). Sua apresentação a nova equipe seria em julho. Na temporada passada foram 11 gols e 10 assistências. Felipe Anderson foi revelado pelo Santos, que deve morder uma boa grana com essa transferência.

Tevez quebra maxilar de goleiro


COLECIONADOR DE OSSOS - Cinco meses após fraturar a perna de um adversário, Carlitos Tevez se envolveu em mais uma lesão grave. Dessa vez, o camisa 10 do Boca Juniors trombou com o goleiro Ezequiel Unsain, do Newell's Old Boys, e quebrou o maxilar inferior do camisa 12. A cena foi horrível. O Boca venceu o jogo por 4 a 1, e Tevez marcou um dos gols da partida.

De comandante novo, Independente vence o Juventus, mas continua na lanterna


*** Por Denis Suidedos

Uma vitória para lavar a alma do torcedor. Assim foi o encontro na noite do último sábado, quando o Independente venceu o Juventus por 2 a 0, no Pradão, pela sétima rodada do Campeonato Paulista da Série A-2.
O resultado, porém, mantém o time na lanterna, pois o Rio Branco venceu em casa o Barretos por 3 x 0, placar que recolocou os galistas na última posição.

Mostra que, talvez, a troca de comando técnico pode ter vindo tarde, mas pelo menos aconteceu. O primeiro clube que não cairia é o Paulista, com oito pontos, ou seja, quatro a menos que o alvinegro da Vila. Neste ano serão seis os rebaixados.

Se a troca foi tardia ou não, saberemos no final da competição. De momento, o que se percebe é que a vinda de Ivan Izzo fez bem ao grupo, que assimilou suas primeiras instruções e, mesmo com as dificuldades, conseguiu o primeiro resultado positivo.

Dentro de campo a dupla Romarinho e Diogo deu outra cara ao time. Limeirense Murilo, no sistema defensivo, fez boa partida, além de ter marcado seu primeiro gol como profissional.

A abertura do marcador aconteceu aos 10 minutos, quando Cláudio Falcão, que um dia foi Cláudio Ralo, aproveitou o cruzamento de Bruno Oliveira, pela esquerda, e de cabeça marcou o primeiro da noite, para o delírio dos torcedores que foram ao Pradão, Galo 1 a 0.

O Juventus, com vários desfalques, praticamente não teve chance. Apenas uma, no final da partida, quando o experiente atacante Gil, ex-Corinthians, deixou Thiago na cara do gol, mas o meia conseguiu finalizar para fora.

Antes, porém, aos 38, o segundo tento da equipe da casa. Em novo cruzamento, desta vez em cobrança de falta pela direita, Romarinho colocou na segunda trave e, sozinho, Murilo escorou para fazer a alegria da galera: 2 a 0.

Na segunda etapa, pouca coisa mudou. O Moleque Travesso não mostrou o futebol que lhe deu o acesso para a Série A-2 em 2015, bem longe disso. Evidenciou deficiência nos dois principais setores do campo, o de marcação e armação.

Por outro lado o Galo esbanjou determinação e vontade, algo que vinha faltando nos confrontos anteriores. Com o apoio da torcida, que gritou do início ao fim, a “pilha” durou os 90 minutos.

Fernando Alves, supervisor de futebol, foi o responsável por comandar o time do banco de reservas, pois o novo treinador, Ivan Izzo, passou as instruções lá de cima, na cabine número 2 do estádio.

O próximo adversário do Independente será o Clube Atlético Penapolense, quarta-feira, às 20h. Com 8 pontos o time ocupa a 13ª colocação na tabela. Na oportunidade o técnico Ivan Izzo fará sua estreia no banco de reservas.

Independente 2 x 0 Juventus

Gols - Cláudio Falcão aos 10 e Murilo aos 38 do 1º tempo (IN)
Local - Pradão
Árbitro - Adriano de Assis Miranda
Auxiliares - Samuel Augusto Vieira Paião e Hélio Antonio de Sá
Público - 357 pagantes
Renda - R$ 4.815
Independente - Marcelo Bonan; Vinícius Bovi (Henrique), Murilo, André Pastor e Bruno Oliveira; Walker, Cláudio Falcão, Romarinho e Diogo (Fabiano); Éric Mamer e Americano (Aguilar). Técnico - Fernando Alves.
Juventus - André Dias; Murilo, Victor Sallinas, Rodolfo e Paulo Victor; Felipe Nunes, Thiago, Derli e Robertinho; Adriano Paulista e Luizinho. Técnico - Rodrigo Santana.

Inter de Limeira vacila no fim em Itapira e volta para a zona da degola


Sétimo jogo e sétima escalação diferente. O técnico Jorge Parraga ainda não encontrou a formação ideal para a Internacional e por isso, continua fazendo testes em sua equipe. Contra a Itapirense, sábado em Itapira, Diego retornou para o gol no lugar de Fábio Hulk, o estreante Rubens assumiu a vaga de Giba, lesionado, e Conrado fez sua estreia no ataque no lugar de Frizzi.

A Inter até que teve um bom início de partida. Rodolfo, que foi deslocado para o meio de campo - Vinícius Pedalada foi para a ala-direita -, criou as três melhores oportunidades do primeiro tempo, duas através de cobranças de falta que levaram muito perigo ao gol de Felipe, até pela potência do seu chute e outra aos 28 minutos, quando Conrado ganhou uma disputa pela direita e cruzou rasteiro para sua finalização à esquerda do gol.

O time da casa, comandado por Claudemir Peixoto, um velho conhecido dos limeirenses, tinha nos meias Jonatas e Jackson suas melhores opções, sem contar o grandalhão Alex Bahia, que se mexia a todo momento na área, confundindo a marcação leonina.

Se a Inter tinha Rodolfo nas bolas paradas, a Itapirense tinha Kellington. O lateral-direito quase abriu o placar aos 22, em uma cobrança de falta da meia-esquerda que raspou o travessão. Na segunda chance e do mesmo local, Kellington fez Diego soltar, mas Malcon chegou primeiro que Alex Bahia, que estava pronto para completar na pequena área.

A Itapirense teve dois gols anulados no primeiro tempo. Ambos em razão de impedimentos, acertados pelo auxiliar Rafael Acácio Toledo.

Para o segundo tempo, Parraga voltou com Felipe Barreto no lugar de Gustavo. Desta forma, deslocou Malcon para a ala, deixando a Inter mais ofensiva. Mas essa alteração não surtiu o efeito desejado. Prova disso, é que Barreto ficou pouco tempo em campo e acabou sendo substituído por Cesinha.

A Inter continuava arriscando de fora da área com Rodolfo. Zé Matheus por sua vez, tentou do meio de campo ao ver Felipe adiantado, mas o goleiro segurou. Seria um golaço.

A Itapirense começou a ser mais envolvente, principalmente com a entrada de Caio. Aos 4, o reserva recebeu de Kellington e bateu cruzado para a defesa de Diego. Aos 5, o zagueiro Wendell aproveitou uma sobra na área e, livre na marca do pênalti, mandou por cima, desperdiçando ótima oportunidade.

O volume de jogo do time de Itapira era maior e aos 6, Jonatas finalizou de fora da área, rente a trave de Diego. Aos 13, foi a vez de Alex Bahia tentar o gol da entrada da área, com curva. A bola passou muito perto.

A Inter pouco atacava. Mesmo assim, teve a melhor chance aos 23, quando Malcon levantou da esquerda e o goleiro Felipe, no alto, soltou. Rodolfo ia marcar, mas Paulo Otávio salvou na pequena área.

Até que aos 34 minutos aconteceu o lance que definiu a partida. Jonatas partiu driblando pela diagonal e chutou em cima de Téssio. No rebote, Caio ajeitou na meia-lua e bateu com extrema felicidade, no canto direito de Diego: 1 a 0. Festa dos 200 torcedores presentes ao Estádio Coronel Chico Vieira.

A Inter pressionou o time da casa nos minutos finais e poderia até empatar. Aos 36, Malcon serviu Rodolfo, mas Felipe defendeu. Já aos 47, após cruzamento da direita, Téssio, sozinho na área, cabeceou para boa defesa do arqueiro do Coelho Loko.

Fim de jogo em Itapira e quarta derrota leonina na competição. Com sete pontos ganhos, o Leão retornou para a zona do rebaixamento. Agora serão dois jogos seguidos em casa, contra Catanduvense, na quinta-feira às 20h, e no domingo diante do São Carlos, às 10h.

Ficha Técnica

Itapirense 1 x 0 Internacional


Gol - Caio aos 34 minutos do 2º tempo (IT)
Local - Estádio Coronel Francisco Vieira, em Itapira
Árbitro - Alceu Lopes Júnior
Auxiliares - Rafael Acácio Toledo e Luís Cláudio dos Santos
Público - 198
Renda - R$ 1.555,00
Itapirense - Felipe; Kellington, Paulo Otávio, Wendell e Samuel; Magno, Jefferson, Jonatas e Jackson (Caio); Alex Bahia (Rafael) e Lucão (Júlio). Técnico - Claudemir Peixoto.
Internacional - Diego; Vinícius Pedalada, Mário Paiva, Téssio e Gustavo (Felipe Barreto); Robério, Rubens (Matheus Mima), Rodolfo e Zé Matheus; Conrado e Malcon. Técnico - Jorge Parraga.
Ocorrências - cartões amarelos para Téssio, Zé Matheus e Malcon (IN).

*** Foto - Fernando Carvalho

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Campeonato Paulista da Série A-1

5ª Rodada:
Palmeiras 0 x 0 Santos
São Bernardo 1 x 1 Linense
Capivariano 1 x 2 Mogi Mirim
XV de Piracicaba 2 x 1 Red Bull
Ponte Preta 0 x 0 São Bento
Audax 1 x 2 Água Santa
Novorizontino 1 x 1 Oeste
São Paulo 1 x 0 Rio Claro
Botafogo 4 x 0 Ituano
Ferroviária 2 x 2 Corinthians

Próxima rodada:
24/2 - 17h - Linense x Água Santa
24/2 - 17h - Capivariano x São Bernardo
24/2 - 19h30 - Botafogo x Red Bull
24/2 - 19h30 - São Paulo x Novorizontino
24/2 - 21h45 - São Bento x Corinthians
24/2 - 21h45 - Oeste x Rio Claro
24/2 - 21h45 - Audax x Ponte Preta
25/2 - 19h - Ituano x Ferroviária
25/2 - 19h30 - Santos x Mogi Mirim
25/2 - 21h30 - XV de Piracicaba x Palmeiras

Classificação:

Grupo A

1 São Bento 9
2 Santos 9
3 Linense 7
4 Botafogo 6
5 Oeste 5

Grupo B:
1 Palmeiras 6
2 São Bernardo 6
3 Ituano 5
4 Novorizontino 4
5 Ponte Preta 3

Grupo C:
1 Ferroviária 10
2 Audax 9
3 São Paulo 7
4 XV de Piracicaba 5
5 Capivariano 1

Grupo D:
1 Corinthians 13
2 Água Santa 10
3 Mogi Mirim 7
4 Red Bull 4
5 Rio Claro 4   

Campeonato Paulista da Série A-2

7ª Rodada:
Portuguesa 1 x 1 Bragantino
Santo André 0 x 1 União Barbarense
Atlético Sorocaba 3 x 1 Monte Azul
Independente 2 x 0 Juventus
Velo Clube 1 x 2 Taubaté
Paulista 2 x 2 São Caetano
Penapolense 2 x 1 Marília
Rio Branco 3 x 0 Barretos
Guarani 2 x 0 Batatais
Hoje - Votuporanguense x Mirassol

Próxima rodada:
23/2 - 19h30 - Taubaté x Portuguesa
23/2 - 20h - São Caetano x Velo Clube
23/2 - 20h - Marília x Atlético Sorocaba
24/2 - 15h - Juventus x Santo André
24/2 - 15h - Monte Azul x Votuporanguense
24/2 - 20h - União Barbarense x Paulista
24/2 - 20h - Independente x Penapolense
24/2 - 20h - Guarani x Rio Branco
24/2 - 20h - Barretos x Batatais
24/2 - 20h30 - Mirassol x Bragantino

Classificação:

1 Bragantino 15
2 São Caetano 15
3 Batatais 14
4 União Barbarense 13
5 Velo Clube 13
6 Guarani 13
7 Taubaté 11
8 Santo André 10

9 Mirassol 10
10 Barretos 10
11 Juventus 10
12 Portuguesa 9
13 Penapolense 8
14 Paulista 8
15 Votuporanguense 7
16 Atlético Sorocaba 6
17 Marília 5
18 Monte Azul 5
19 Rio Branco 4
20 Independente 4
   

Campeonato Paulista da Série A-3

7ª Rodada:
Guaratinguetá 1 x 4 Sertãozinho
São Carlos 1 x 3 Atibaia
Primavera 0 x 1 Rio Preto
Nacional 3 x 1 Comercial
Fernandópolis 0 x 2 São José FC
Itapirense 1 x 0 Internacional
Flamengo 0 x 0 Matonense
Catanduvense 1 x 0 Grêmio Osasco
Grêmio Barueri 0 x 2 Olímpia
São José 1 x 2 Noroeste

Próxima rodada:
24/2 - 15h - Atibaia x Grêmio Osasco
24/2 - 15h - Nacional x Fernandópolis
24/2 - 19h - Rio Preto x São Carlos
24/2 - 19h - Itapirense x Noroeste
24/2 - 20h - Sertãozinho x Flamengo
24/2 - 20h - São José FC x São José
24/2 - 20h - Grêmio Barueri x Guaratinguetá
24/2 - 20h - Olímpia x Primavera
25/2 - 20h - Comercial x Matonense
25/2 - 20h - Internacional x Catanduvense

Classificação:

1 Atibaia 19
2 Flamengo 15
3 São Carlos 14
4 Sertãozinho 13
5 Nacional 13
6 Rio Preto 13
7 Catanduvense 13
8 Noroeste 12

9 Grêmio Osasco 11
10 Comercial 10
11 Matonense 9
12 Primavera 8
13 São José 8
14 Itapirense 8
15 Internacional 7
16 Olímpia 7
17 São José FC 6
18 Guaratinguetá 6
19 Fernandópolis 1
20 Grêmio Barueri 0

Minha coluna Pimba de hoje

Se tem algo que me irrita em uma jornada esportiva é quando o jogador se recusa a falar com a imprensa após o jogo, principalmente após uma derrota. Quando ganha, dificilmente isso acontece. Fazem até fila para falar.

Tem atleta que passa reto e nem satisfação dá ao repórter, que fica falando sozinho. E olha que meus amigos César Roberto e Denis Suidedos andam bastante pacientes. Eu já chutava o balde. Se um jogador recusasse a falar comigo, nunca mais o entrevistaria, nem que fizesse cinco gols no jogo. Já fui repórter e por 10 anos.

O jogador precisa entender que estamos no mesmo barco e que torcemos pela vitória dos dois times da cidade. Também ficamos chateados com a derrota, mas nem por isso, deixamos de analisar o que aconteceu de errado.

Viajamos horas e horas e deixamos nossa família em casa, tudo isso para deixar o torcedor que está em Limeira bem informado. Ainda dá tempo de mudar, pois estamos apenas na sétima rodada.


Agora, verdade seja dita. Se tem um jogador em Limeira que nunca deixou de nos dar uma entrevista, este é o goleiro Marcelo Bonan. Nas três goleadas que o Independente levou, em todas elas o arqueiro atendeu Denis Suidedos e sempre com muita serenidade. Nota 1.000 fera.

Marcelo Bonan é um dos jogadores mais espetaculares que conheço. Que baita ser humano. Aliás, acho que seria um ótimo treinador. 

Falando em técnico, a diretoria do Independente demorou demais para demitir Paulo Jamelli. "Enfurmigou". Ele deveria cair após a goleada sofrida para o Batatais por 4 a 1, no Pradão. Elenco perdeu moral após essa humilhante derrota em casa. Tropeço em São Caetano, pelo menos para mim, já era esperado.

Se tem um estádio que admiro é o Anacleto Campanella. Que estrutura. Tudo bonitinho e limpinho. Sem contar o complexo esportivo ao lado, com piscina olímpica e um ginásio de causar inveja. Bela cidade.

Vejo pessoas lá de dentro escrevendo e afirmando nas redes sociais que o Independente tem um grande time para A-2 e que não merece estar em último. Não tem. Analisando friamente, é um elenco bastante limitado, sem peças de reposição no banco de reservas. É rezar para não cair mesmo.

Ivan Izzo terá muito trabalho. Espero que consiga tirar "leite de pedra", como Parraga está fazendo na Inter. Izzo por 10 anos foi auxiliar-técnico de Dorival Júnior e em seu primeiro trabalho como técnico, conquistou a Copa Paulista de 2014 pelo Santo André. Gostei de sua indicação.

O problema da A-2 é que você não tem um adversário "fácil" para se recuperar. É uma pedreira atrás da outra. E olha que o Independente ainda não enfrentou Guarani, Bragantino, Santo André, Mirassol, Portuguesa, entre outros. Como o próprio Izzo disse em sua chegada, é o segundo campeonato mais difícil do Brasil.

O elenco do Independente da A-2 do ano passado hoje estaria tranquilamente entre os oito primeiros colocados. Com as saídas principalmente de Xandão, Alysson, Andrezinho e até do cão de guarda Thiago Silva, o Galo passou a ter um sistema defensivo bastante frágil.

É muito fácil marcar gol no Independente. Os atacantes fazem fila e entram na área a todo momento. Ninguém fecha a "casinha". O segundo gol do São Caetano foi a maior prova de que o grande problema está na defesa.

Outro assunto que veio a tona foi o fim da concentração no Independente. Pelo menos contra o São Caetano o time viajou no dia e retornou após a derrota. Concordo plenamente, mas os jogadores não.


Do jeito que os times estão com a língua preta, em especial do interior, viajar até três horinhas não faz mal a ninguém. Jogador fica concentrado para descansar, descontrair, comer do bom e do melhor e ficar no celular o tempo todo. Enquanto isso, os dirigentes suam sangue para conseguir o dinheiro para pagar a hospedagem. É preciso mudar essa filosofia.

Você jogar em Matão por exemplo e se concentrar em um hotel é desperdiçar dinheiro. Agora, Fernandópolis, Barretos, ou seja, aquelas cidades bem distantes, aí eu concordo.

A Winner quando disputava o Campeonato Paulista viajava sempre no mesmo dia, não importa se era em Assis ou Marília. E olha que são jogadores com mais de 2 metros de altura. Nem por isso, o time deixou de ser bicampeão paulista.

Torcedor da Inter fez a festa nas redes sociais com o erro de português na lamentável pichação dos muros do Pradão após a derrota em São Caetano. "Imcompetência" com M foi de lascar. Fizeram até uma montagem com o Soletrando, do Luciano Hulk.


Quinta-feira tem Inter e Catanduvense, no Limeirão. Dois times que já estiveram na elite. Jogar em casa ultimamente tem sido um parto para os leoninos. Basta lembrar a vitória contra o limitado São José FC por 2 a 1, de virada e aos 44 minutos do 2º tempo.

Gostei dos últimos dois reforços da Veterana. Léo é um meia parecido com o Luís Mário. Apesar de já estar com 32 anos, é o líder que faltava para o elenco. Pode dividir a função com Mário Paiva. Já Conrado fará muitos gols, pode me cobrar depois.

Rogério Ceni recusou um convite para ser treinador de uma equipe dos Estados Unidos. Aliás, depois da derrota para o The Strongest, São Paulo virou uma espécie de "Faixa de Gaza".

Chegada de Lugano teria rachado de vez o elenco do São Paulo. Hoje o uruguaio reestreia contra o Rio Claro, no Pacaembu. O Dios não tem papas na língua. 

A torcida do São Paulo sofre com o zagueiro Lucão. Imagina a do Independente com a zaga inteira.
Corinthians emprestou Gabriel Vasconcelos, goleador da Copa São Paulo de Juniores, para o America/RJ. É muito fraquinho.

Flamengo e Ronaldinho Gaúcho chegaram a um acordo na Justiça. O Mengão vai pagar R$ 17 milhões ao craque. Simples assim.

A presença de um homem fora do peso fantasiado de Batman durante a execução do hino nacional antes do duelo entre Foz do Iguaçu e Coritiba, pelo Campeonato Paranense, rodou o Brasil. O corpo era do Lemão da Gazeta.

Tratava-se de um torcedor símbolo da equipe do interior do Estado. No entanto, a repercussão não agradou à Federação Paranaense de Futebol. O presidente Hélio Cury proibiu a presença de mascotes durante a execução do hino nacional. 

Jornal inglês Daily Mail comparou o trio do Barcelona (Messi, Suárez e Neymar) ao Brasil de 1970. Isso fere os saudosistas brasileiros, mas achei válida.

Barcelona avisou a CBF que não intenciona liberar Neymar para as Olimpíadas do Rio de Janeiro. 

China tentou contratar também o meia Oscar. Mas o brasileiro disse não e afirmou estar contente no Chelsea.

Árbitro César Flores, de 48 anos, foi executado com três tiros. Motivo: expulsou um jogador em uma partida realizada em Córdoba. Inconformado, o atleta foi no vestiário, pegou a arma e descarregou contra Flores. Se a moda pega.

Charlotte Caniggia, 22, é a mais nova musa da Argentina. Ela é filha do ex-goleador Claudio Caniggia com Mariana Nannis, participante do reality show Mulheres Ricas. Como diria Rubenssito aqui na Gazeta de Limeira: "Um petáculo".

Não teremos o The Ultimate Fighter este ano. Programa estaria encostado na Globo. Uma pena.

Durante a semana visitei o amigo Cássio Roque e aproveitei para presenteá-lo com um livro da Winner/Limeira. Ele ficou muito emocionado ao ver a obra que escrevi e não conseguiu conter as lágrimas. Roque me ajudou demais nos 15 anos de Winner. Tenho certeza que um dia nossa equipe retornará as quadras.

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Resultados de Independente e Inter

Fim de jogo no Pradão:
 
Paulista da Série A-2:
Independente 2 x 0 Juventus
Gols - Cláudio Falcão e Murilo, ambos de cabeça no primeiro tempo
Público - 357 pagantes
Renda - R$ 4.815,00
Galo ainda está na zona do rebaixamento, em penúltimo lugar com 4 pontos.
Foi o primeiro jogo do Galo sem Paulo Jamelli no banco. Ivan Izzo assistiu o jogo.
Quarta, 20h - Independente X Penapolense.

 
Fim de jogo em Itapira:
 
Paulista da Série A-3:
Itapirense 1 x 0 Inter de Limeira
Gol - Caio aos 34 do 2T.
Público - 198 pagantes
Renda - R$ 1.555
Inter entra novamente na zona do rebaixamento com 7 pontos
Quinta, às 20h - Inter X Catanduvense.

Mandou bem Denis Suidedos


TIROU DE LETRA - Com muita categoria e seguindo direitinho os passos do chefe, Denis Suidedos comandou muito bem o último Segunda Esportiva, na TV Jornal. Ao lado do repórter e setorista do Independente estavam os cativos Roberto Martins, João Valdir de Moraes, César Roberto, além de mim. 

Na segunda-feira, às 20h30, o programa volta a ser apresentado pelo Dr Roberto Lucato, que curtiu um merecido descanso. Exibiremos os melhores momentos dos jogos de meio de semana e também deste fim de semana de Independente e Internacional no Campeonato Paulista. Contamos com a sua qualificada audiência.

Telmo com o livro da Winner


QUE HONRA - Olha quem também adquiriu o exemplar do livro que escrevi sobre a Winner/Limeira, nossa saudosa equipe de basquete: o Deus da Raça Telmo Oliveira. Maior cestinha da história da Winner com 4.129 pontos, Telmo fez questão de mandar a foto com o livro, que segundo ele, foi presente de sua deusa Roberta Do Carmo Nicolau Oliveira. Fico super feliz e agradecido. Amo demais essa família.
 
O livro da Winner custa R$ 50 e pode ser encontrado em:
 
Esportes Avenida - Rua Dr Trajano, 921, (centro)
Pizzaria Don Francesco - Boa Morte, 1076 (centro)
Gazeta de Limeira - Senador Vergueiro 319 (centro)
Banca IV Centenário - Praça Toledo Barros.
Zalon Info - Mercado Modelo
Beethoven Lanches - Avenida Rio Claro, 328
Farmácia Vila Cláudia - Rua Bahia, 784, Vila Cláudia
Goods Lanches - Rua Prefeito Dr Alberto Ferreira, 115 (centro)
Eletrônica Central - rotatória do TG
Auto Posto Santa Lúcia - rotatória do Sesi
Mc Tecnologia - Rua Conselheiro Saraiva 781
Livraria Kyrios - Senador Vergueiro 788, no Centro
 
Encomendas em todas partes do Brasil pelo: livrowinner@gmail.com